Quem está pensando em iniciar uma pequena reforma em casa – ou até mesmo uma grande construção -, deve saber que alguns cuidados ambientais são necessários. A retirada de entulho, por exemplo, é um dos pontos que merecem destaque. Resíduos da Construção Civil (RCC) descartados em locais proibidos não são prejudiciais somente à saúde e ao meio ambiente mas, também, resultam em notificações, advertências e multas aplicadas pela prefeitura de cada município – cujos valores são definidos pelas administrações municipais.

Para evitar o surgimento de questões burocráticas que possam atrasar a realização da obra, além de gastos extras, é interessante conhecer, em detalhes, a Lei de Descarte de Entulhos. Acompanhe o texto e entenda como realizar o descarte de entulho corretamente, sem danos ao meio ambiente.

O que diz a Lei de Descarte de Entulhos?

Cada município é responsável pela criação e aplicação da Lei de Descarte de Entulhos. Em São Paulo, por exemplo, pessoas e empresas que despejam lixo e entulho em vias públicas podem ser multadas em até R$12 mil. Na cidade, a coleta convencional pode retirar até 50kgs de entulho e lixo por domicílio/dia, desde que estes estejam devidamente ensacados. Uma segunda opção é enviar o entulho para um dos eco pontos distribuídos pelo município. Neste caso, os resíduos não podem ultrapassar o volume de 1m³ (aproximadamente 18 sacos de lixo).

Em Belo Horizonte, a lei prevê multa de até R$5 mil para quem descartar entulho de forma irregular. Visando facilitar o descarte, a cidade disponibiliza 32 unidades de recebimento de pequenos volumes nas quais são recebidos resíduos de construção civil, móveis velhos, madeira, poda e pneus. É realizada uma triagem e o que não puder ser reciclado é triturado.

Saiba como descartar entulho corretamente

Agora que você já sabe as consequências negativas e burocráticas para quem deposita entulho incorretamente em vias públicas, veja algumas dicas de como realizar o descarte de forma adequada e que não prejudique o meio ambiente:

Locação de caçamba para entulho: ao iniciar a obra (ou, se possível, antes mesmo do início), providencie a locação de caçambas. Atendendo a região de Belo Horizonte a Lafaete disponibiliza caçambas de várias dimensões e modelos, ideais para cada necessidade. Acessando o site é possível solicitar um orçamento online, com rapidez e agilidade!

Antes de alocar a caçamba, é interessante consultar a administração municipal a fim de descobrir se o local escolhido para a caçamba é liberado para tal fim. Vale lembrar que as áreas de localização dos equipamentos também são definidas pela Prefeitura. A Lafaete tem conhecimento dos locais permitidos e passa orientações completas para seus clientes a respeito desses assuntos.

Ao finalizar a obra, a empresa responsável pelas caçambas deve enviar o entulho coletado para áreas específicas. Em algumas cidades há eco pontos que recebem, em média, até 40 caçambas por dia. A Lafaete conta com áreas próprias de Transbordo e Triagem (ATT’s) que, ao receberem as caçambas estacionárias, realizam uma triagem inicial, onde os resíduos recicláveis (plástico, vidro, papel, sucata, terra, entulho e madeira) são separados e enviados às unidades de reciclagem.

A Lafaete Locações está pronta para receber suas dúvidas e auxiliar no processo de descarte de entulhos da sua obra ou reforma. Entre em contato conosco por meio da Central de Atendimento Lafaete (CAL) e conte-nos sobre o seu projeto!